Centro Histórico

Braga

O Centro Histórico de Braga é testemunha de muita história e estórias desta cidade milenar. "A sua vida mundana concentra-se na Arcada, mas se, por acaso, entre o ardor da palestra e as delícias do café se ouve tocar o sino de uma igreja perto (...) corre-se imediatamente para o templo fazer a novena do Menino" (José Augusto Vieira, O Minho Pitoresco, tomo II, p. 7).

Guia de Braga
Sé de Braga, um dos mais importantes monumentos românicos de Portugal


Arte, História, Religião

Ainda segundo Vieira, "há muito que admirar no seu presente, muito que respeitar no seu passado. A velha alma portuguesa parece falar-nos misteriosamente nas suas ruas estreitas, nos seus monumentos góticos. Uma feição original ressalta daquele acumular de civilizações; cada pedra fala, cada arabesco ou mosteiro conta a sua lenda pitoresca" (Idem, p.8).

Centro Histórico de Braga

O Centro Histórico de Braga, em volta da (a primeira de Portugal, do século XIV), reúne algumas das mais importantes atrações turísticas da cidade. Além da Sé, no Rossio da Sé, e seu Museu de Arte Sacra, outras atrações imperdíveis incluem o Palácio dos Biscainhos, a Capela dos Coimbras, a Torre de Menagem e o Mercado da Praça do Comércio. Neste espaço de grande relevância histórica, artística e arquitetônica, o visitante encontra o melhor de Braga.

Palácio do Raio (ou Casa do Mexicano): de arquitetura barroca, o edifício está situado na Rua do Raio, a bela fachada de azulejos azuis chama a atenção dos visitantes.

Café A Brasileira: um dos mais icônicos cafés de Braga, situado no Largo Barão de São Martinho, no Centro Histórico da cidade. Os cafés eram importados do Brasil, para onde seu fundador havia emigrado. De retorno a Braga, também foram criados outros cafés em Lisboa, Porto e outras cidades de Portugal.

Guia de Braga
Arcada, Braga © Lilly M/CC


O Que Ver no Centro Histórico

Ainda acompanhando Vieira, examinemos "os belos monumentos da cidade, as suas ruinas, as suas pedras lavradas, os cipos romanos, os templos, os santuários, os nichos, os hospitais, as ruas".

Arcada

Na Arcada, antigo espaço comercial aberto, além de abastecer-se de alguns produtos do cotidiano, os assíduos frequentadores do lugar botavam a conversa em dia. A que se vê hoje não é a original, mas esta foi reconstruída à semelhança da primeira. De frente, aos seus arcos, estende-se a Praça da República (ou mais simplesmente, a Praça da Arcada).

Antigo Paço Episcopal

Também conhecido como Paço Arquiepiscopal, dos séculos XVII e XVIII, este palácio (hoje nele funciona a Universidade do Minho) merece uma visita. O Jardim de Santa Bárbara, atrai muitos visitantes.