Guia do Ribatejo

Patrimônio e Gastronomia

Boa Mesa, Bom Azeite e Bons Vinhos
Ribatejo (Portugal) - Região do Centro de Portugal. Corresponde em quase sua totalidade ao Distrito de Santarém. O Ribatejo, criado em 1936 a partir de terras pertencentes à Estremadura, é uma província (região natural) do Centro de Portugal. Veja mais sobre as regiões históricas.
Ver também: Concelhos (Municípios) do Ribatejo

O Ribatejo está a um pulo de Lisboa: até Vila França de Xira (no sul do Ribatejo, mas já na Área Metropolitana de Lisboa) são apenas 36 km, que são percorridos em cerca de 30 minutos pela autoestrada A1. Esta proximidade desde sempre foi um trunfo para o Ribatejo.


Guia do Ribatejo
Ordem do Cristo, Tomar , Ribatejo © / Ilustração



Localização

O Ribatejo limita-se ao norte com a Beira Litoral e a Beira Baixa, ao leste,ao sudeste e ao sul com o Alto Alentejo, ao sudoeste com Setúbal e Região de Lisboa e ao oeste com a Região Oeste.


Almeirim, a Sintra de Inverno

Já desde o século 15, a autoestrada era o Rio Tejo. o rei D. João I e sua corte tinham predileção por estas terras, por várias razões. "Terra de caça abundante, Almeirim atraiu desde cedo reis e nobres. D. João I fundou o Paço Real e, durante a Dinastia de Avis, este foi destino apetecido dos soberanos portugueses e da sua corte. O Tejo enchia-se de bergantins e de batéis engalanados transportando todos quantos se encontravam inscritos nos livros de moradia de corte; a aldeia ganhava vida e tornava-se palco de intrigas cortesãs e de assuntos de estado" [3].

O Paço Real foi palco de muitos e importantes acontecimentos da História de Portugal.
Saber mais: Almeirim História


Tomar, Cidadela dos Cavaleiros Templários

Tomar, a cidadela dos Templários em Portugal, é um dos lugares incríveis do Ribatejo. Na sua empresa de reconquista dos domínios ao sul do Tejo ocupado pelos mouros, o rei D. Afonso Henriques doou Tomar e o senhorio de Castelo Branco aos Cavaleiros da Ordem do Cristo - os Templários - para que estes o ajudassem a derrotar os mouros. O Castelo de Tomar, erguido pelos Templários, foi o mais avançado da sua época (1160). Junto com outros castelos - Almourol, Castelo Branco, Monsanto, Pombal, Abrantes, Torres Novas e Zêzere - eles formavam a Linha do Tejo, linha onde se reforçava a defesa dos domínios de D. Afonso Henriques.

Da época dos Cavaleiros Templários, os maiores destaques são o Castelo de Tomar e o Convento do Cristo.


Guia do Ribatejo
Sardoal, Ribatejo © GEP



Santarém e Distrito

De Azambuja a Ourém, entre o Tejo e o Zêzere, a principal aglomeração urbana desta região é Santarém, a A Rainha do Ribatejo, a Capital do Gótico, cujo município (concelho) tem uma população de 58.770 habitantes (INE, 2021).
Ver Concelhos do Ribatejo.


Cavalo lusitano e Touradas

Terra de grande e antiga tradição rural, do cavalo lusitano, de tesouros manuelinos e góticos, o Ribatejo também é terra de boa cozinha, bons vinhos, excelente azeite, mosteiros, cidades e vilas, caça e lugares aprazíveis para férias. As touradas também são características do Ribatejo.


Santuário de Fátima

Entretanto, o maior destaque é o Santuário de Fátima, lugar de um dos mais importantes destinos europeus para o turismo religioso.


Azeite e Vinhos

Banhado pelo Rio Tejo, situado a meia hora de Lisboa, o Ribatejo é produtor tradicional de vinhos (DOP desde 1998) Ribatejo e Vinhos do Tejo. Outro produto icônico do Ribatejo: o azeite, também classificação que atesta sua qualidade - Azeite Ribatejo DOP (Denominação de Origem Protegida).


Fandango, dança típica

O Ribatejo é a terra do fandango, uma música típica da região, dançada ao desafio por um par de campinos. Esta dança é originária da Península Ibérica e, em Portugal, típica do Ribatejo. Não perder uma apresentação desta dança típica e folclórica do Ribatejo!


Terras do Ribatejo

São 3 as sub-regiões naturais do Ribatejo:






Melhores Vinhos

Com uma produção que chega a mais de 20 milhões de garrafas por ano, o Ribatejo (Tejo DOP) produz também vinhos de excelente qualidade.

Melhores Tejo DOP